Alimento de Célula: 26 – 31/01/2015

Alimento de Célula da CAMIR
26 de Janeiro de 2015

Alimento de Célula: 26 – 31/01/2015

Alimento de Célula

TEMA: “Tenha foco

TEXTO: 

Lembro-me bem disso tudo, e a minha alma desfalece dentro de mim. Todavia, lembro-me também do que pode dar-me esperança: Graças ao grande amor do Senhor é que não somos consumidos, pois as suas misericórdias são inesgotáveis. Renovam-se cada manhã; grande é a tua fidelidade! Digo a mim mesmo: A minha porção é o Senhor; portanto, nele porei a minha esperança. O Senhor é bom para com aqueles cuja esperança está nele, para com aqueles que o buscam; é bom esperar tranqüilo pela salvação do Senhor.
Lamentações 3:20-26

PERÍODO: De 26 – 31/01/2015

Introdução:

Todos nós somos formados por lembranças boas e ruins, isso é um processo natural na vida de cada ser humano, o grande problema é que temos uma capacidade incrível de valorizar e externar as lembranças ruins e de deixar de lado as lembranças que nos trazem esperança da vitória.

É muito comum após as duas primeiras semanas, ou algum tempo depois de um novo Ano, ou novo trabalho, ou nova casa, começarmos a ver apenas os aspectos negativos da “NOVA” situação e indo desta forma trilhar o caminho da murmuração e do afastamento, aos poucos, de Deus.

Como entender isso?

1) NO INÍCIO ACHAMOS QUASE TUDO PERFEITO

 No início de cada situação estamos tão maravilhados que nem percebemos os problemas e novos desafios que esta situação nos coloca à frente. É tudo “LINDO” na maioria das vezes, e só com o passar do tempo vemos as dificuldades e problemas e quando isso acontece, normalmente damos lugar à murmuração:

 – ACHEI QUE ESTE EMPREGO ERA BOM.

 – ACHEI QUE ESTE LIDER DARIA JEITO NESTE POVO E NESTA IGREJA.

 – ACHEI QUE ESTA ERA A MULHER IDEAL PARA EU CASAR.

2) É MUITO MAIS FÁCIL MURMURAR DO QUE AGIR

 Quando percebemos que as coisas não são assim tão perfeitas, acabamos em muitas situações colocando o lado bom de tudo isso de lado e preferimos enfatizar o lado ruim, é mais fácil falar mal do que tentar mudar:

– É MAIS FÁCIL FALAR DOS ERROS DE MINHA ESPOSA DO QUE TENTAR AJUDÁ-LA;

– É MAIS FÁCIL FALAR MAL DO CHEFE DO QUE REALIZAR O NOSSO SERVIÇO DA MELHOR FORMA POSSÍVEL;

– É MAIS FÁCIL MURMURAR CONTRA OS IRMÃOS E A IGREJA, PULAR DE GALHO EM GALHO DO QUE SE COLOCAR NA BRECHA.

Pense bem antes de falar! Precisamos agir desta maneira, não podemos abrir a boca simplesmente para murmurar. Lembre-se a murmuração atrai maldição/abismo, e um abismo chama outro abismo.

“Tens visto um homem precipitado nas suas palavras? Maior esperança há de um tolo do que dele” (Pv 29.20).

3) PORQUE DAMOS MAIOR VALOR AO NEGATIVO?

a) O inimigo quer tirar o nosso foco daquilo que trará esperança, pois sabe que sem esperança já estamos derrotados;

b) Quando murmuramos damos vazão à nossa alma, nossas emoções ficam a flor da pele, e quando temos coerência no que falamos, recebemos o apoio de alguns que nos ouvem, dando-nos assim a atenção que nosso coração tanto almeja (Ex: Se o pastor não me visitar esta semana eu vou sair da igreja). Não temos que chamar a atenção de ninguém pelo tamanho de nossas feridas de alma, mas sim pelo tamanho do Nosso Deus e de sua presença em nossas vidas.

Conclusão:

 Quando lemos o texto de (Lm 3.21), podemos dizer que o autor falou isso porque estava debaixo das bênçãos de Deus, mas a verdade é que ele vivia um dos momentos mais difíceis do povo de Israel, pois Jerusalém havia sido destruída por volta do ano de 586 A.C. e Israel estava cativo em Babilônia, mas a atitude dele era de não olhar para o lado ruim de tudo aquilo, não era de olhar para consequência desastrosa que estava sobre ele e a nação de Israel, mas ele queria lembrar de tudo que traria a ele esperança de que aquela situação iria se resolver, pois sua esperança estava depositada no Guarda de Israel. Aleluia.

 Pare de murmurar, de olhar para trás (Há como era bom…), é tempo de olhar para frente, de marchar, de pisar no mar para que ele se abra, é tempo de trazer à lembrança as promessas do Senhor teu Deus. Você é mais que vencedor em Cristo Jesus. Amém.

Alimento de Célula - CAMIR

Alimento de Célula – CAMIR