Geradores de Vida

GERADORES DE VIDA

Introdução

Um dos grandes desafios enfrentados pela Igreja é o de cumprir o sonho iniciado por Jesus da Grande Comissão.

A GRANDE COMISSÃO

Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado” Marcos 16:15,16

Agora vamos prosseguir para Mateus. Aqui estão as palavras da grande comissão de Jesus, que Mateus escolhe citar:

“Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a todas as coisas que eu vos tenho mandado, e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” Mateus 28:19

A DIFERENÇA ENTRE Marcos e Mateus é que MARCOS é pessoal, e MATEUS é coletivo, corporativo. MARCOS diz “toda a criatura”; MATEUS diz “todas as nações”

PATERNIDADE ESPIRITUAL

“E, chegando-se Jesus, falou-lhe, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo; Ensinando-os a obedecer todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos” Mateus 28:18-20

O QUE NOS IMPEDE DE SERMOS PAIS ESPIRITUAIS?

“Filhinhos, eu vos escrevo, porque os vossos pecados são perdoados, por causa do seu nome. Pais, eu vos escrevo, porque conheceis aquele que existe desde o princípio. Jovens, eu vos escrevo, porque tendes vencido o maligno. Filhinhos, eu vos escrevi, porque conheceis o Pai. Pais, eu vos escrevi, porque conheceis aquele que existe desde o princípio. Jovens, eu vos escrevi, porque sois fortes, e a palavra de Deus permanece em vós” I João 2:12-14

Qual a importância da paternidade espiritual?

A ausência dos pais é responsável pelos principais pesadelos de nossa sociedade.

A figura paterna é essencial porque é reflexo do amor paterno de Deus por nós.

QUAIS OS IMPEDIMENTOS PARA SE TORNAR UM PAI OU MÃE ESPIRITUAL?

  • Ignorância –Muitos cristãos nunca ouviram falar de paternidade espiritual, e outros não foram ensinados a exercitarem-na. É necessário conhecer as Escrituras que dizem de nossa responsabilidade em fazer discípulos.
  • Apatia –Muitos não são pais espirituais porque são apáticos com as coisas concernentes ao Reino de Deus, porém são muito entusiasmados com as coisas do mundo.

O que é ser apático? É alguém indiferente, que não se importa. O apático tem a atitude de quem está dizendo: “Eu não quero me envolver com nada, me deixe ficar aqui quietinho no meu mundinho”.

O apático é indiferente com os outros. Para ele, suas conquistas e seus interessem estão em primeiro lugar. Ele é prisioneiro de seus próprios desejos, e as almas vão ficando esquecidas, caindo a cada dia nas garras de satanás.

Existem muitos na igreja, que pensam somente em conquistar suas bênçãos e indiferentes em ser responsável espiritualmente por alguém.

  • Insegurança –Muitos são induzidos a pensar: “Não acredito que Deus vai me usar um dia, eu não saberei agir com pai espiritual. Estou com medo. Não sei interpretar a Bíblia o suficiente, preciso organizar minha vida melhor” II Timóteo 1:7 diz: “Porque Deus não nos deu o espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação.
  • A impaciência –A impaciência nos faz desistir quando não vemos os resultados imediatos. Crer que teremos sucesso imediato é contra o princípio bíblico da semeadura e da colheita. Muitas vezes temos que trabalhar intensamente para que os bebês espirituais cresçam e sejam pais e mães espirituais também. Há beleza e mistério em plantar e esperar a planta nascer, crescer e frutificar. O mesmo acontece com a paternidade espiritual. Vale à pena esperar o crescimento do filho espiritual e seus frutos trazem para o Reino de Deus.
  • Falta de modelo –A falta de modelo é um dos principais impedimentos de sermos pais espirituais. Talvez você não tenha um bom modelo de pais biológicos para sua orientação ou para servir de modelo, por isso, as pessoas estão querendo se identificar com outras. A falta de modelo não é desculpa para você deixar de gerar filhos espirituais. Não é por falta de modelo que as pessoas irão para o inferno. Jesus foi o maior exemplo que passou na terra.
  • Traumas do passado –Alguns não se tornam pais e mães espirituais por causa de feridas e fracassos do passado. Até dizem: “Tentei, mas acabei sendo machucado”. Esqueça as feridas e traumas do passado! O Senhor cura seu coração, sua mente, suas emoções. Creia que é um novo tempo de Deus para sua vida espiritual e ministerial. Deus está curando suas feridas do passado para que você cura outras pessoas no seu presente

GERANDO FILHOS ESPIRITUAIS

“Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra” Gênesis 1:28

Geração X,Y,Z –Geração egocêntrica e sem propósito, porque nunca se conectou com o plano original de Deus para a existência humana

 “Há uma geração que amaldiçoa seu pai e que não bendiz a sua mãe. Há uma geração que é pura a seus olhos e que nunca foi lavada de sua imundícia. Há uma geração cujos olhos são altivos e cujas as pálpebras são levantadas para cima. Há uma geração cujos dentes são espadas e cujos queixais são facas, para consumirem na terra os aflitos e os necessitados entre os homens” Provérbios 30:11-14

ENCHEI A TERRA

Gên. 1:28 também nos ordena a não somente aumentar e multiplicar, mas a encher a terra. A palavra hebraica para encher também é traduzida como “PREENCHER, TORNAR-SE CHEIO, CUMPRIR, CONSAGRAR, REALIZAR, TRANSBORDAR, E SATISFAZER”

  • ENCHER significa “PREENCHER, ESTAR CHEIO, PLENITUDE, ABUNDÂNCIA E CONSAGRAR.

Vamos usar alguns dos principais significados hebraicos da palavra ENCHER para ver o propósito primeiro de Deus para a humanidade sobre a terra:

  • CONSAGRAR – Separar algo para o propósito de Deus. Então, encher dá entender, encher a terra com filhos tementes a Deus que irão separar a terra para Deus.
  • REALIZAR – Fala do fato de que não iremos realizar a tarefa que Deus nos deu de sujeitar a terra e ter domínio se negligenciarmos nossas famílias biológicas e negligenciarmos o preparo de um legado para as próximas gerações espirituais.

CONQUISTANDO UM FILHO

 “…Senhor dos Exércitos se benignamente atentares para aflição da tua serva e de mim te lembrares e da tua serva não te esqueceres e lhe deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida” I Sam. 1:11

PAIS TÊM COMPROMISSO COM O CRESCIMENTO DE SEUS FILHOS

“Crescia Jesus em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens” Lucas 2:52

Ana não apenas colocou seu filho no mundo, mas tinha um compromisso com o crescimento de seu filho.

“ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho ordenado”. Mateus 28:19

Entendemos a parte de ir e fazer discípulos, mas temos que ter o compromisso de ensinar-lhes a guardar todas as coisas que o Senhor ordenou.

O PROPÓSITO DOS GERADORES DE VIDA:

  • Mostrar os benefícios de pertencer à família de Deus.
  • Mostrar interesse pelos recém-nascidos na fé
  • Oferecer companheirismo
  • Regar a semente que foi plantada (I Cor. 3:6)
  • Ensinar-lhe sobre Cristo, Seu amor e a vida abundante que Ele tem.
  • Fazer o recém-nascido consciente de sua decisão por Cristo
  • Envolvê-lo nas atividades das células e escola de discípulos

O TRABALHO DOS GERADORES

É necessário entender que:

  • Somos colaboradores de Deus (I Cor. 3:9)
  • Nosso chamado consiste em ganhar e reter o fruto (João 15:5)
  • Devemos fazer de cada novo crente um líder eficaz (II Tim. 2:2)

Para que isso aconteça, é necessário:

  • Orar pelas pessoas que Deus colocou sob o nosso cuidado (Rom. 1:9)
  • Compartilhar de nosso tempo com eles (Atos 19:8)
  • Mostrar interesse por sua família (Atos 16:31-34)
  • Sentir peso por suas necessidades e problemas (Atos 17:16)
  • Ter tempo disponível para eles quando o exigirem (Atos 19:22-23)
  • Sempre que possível suprir suas necessidades (Atos 11:29)

Na oração que o profeta Daniel faz (Daniel 9) pela restauração de seu povo, nos dá as regras de como deve agir todo o gerador de vida:

  • Ter uma profunda compaixão pelas pessoas e tomar o seu lugar;
  • Confessar os seus pecados, como se fossem os seus próprios,
  • Implorar o favor e a misericórdia de Deus com eles,
  • Confiar plenamente na pronta restauração de suas vidas.

O FRUTO DO ESPÍRITO SANTO NO CARÁTER DO GERADOR DE VIDAS

O gerador de vidas tem que discernir que seu trabalho na obra do Senhor é espiritual, por isso deve entender três princípios fundamentais que o vão orientar a desenvolver com eficácia seu trabalho de GERAR VIDAS.

Jesus revela a Nicodemos estes três princípios espirituais (João 3:5)

  • Nascer de Novo
  • O lugar de Origem
  • Dependência espiritual

O FRUTO DO ESPÍRITO SANTO

Cada parte do fruto do Espírito se manifesta no caráter do Gerador de vidas da seguinte maneira:

1.1 AMOR: (Romanos 5:5)

O contrário do AMOR é: Falta de perdão, ódio, ressentimento, Jeremias 8:11 –os líderes precisam estar curados. Deus manifestou seu amor a nós enviando seu filho por nós (João 3:16)

O amor no caráter do gerador de vidas:

  • Se identifica com as necessidades das pessoas,
  • Não trata as pessoas com leviandade,
  • Não permite a soberba,
  • Não busca suprir seus próprios interesses,
  • Servi sem esperar nada em troca,
  • Trabalha na obra do Senhor por convicção

1.2 ALEGRIA (Romanos 14:7)

1.3 PAZ (Colossenses 1:19-20) –Ausência de conflito

O contrário da paz: desespero, incertezas, intranquilidade.

A paz no caráter do gerador:

  • Ser um mensageiro da paz
  • Usar o diálogo aberto para solucionar conflitos
  • Exercer a autoridade com humildade de coração
  • Lutar pela unidade
  • Ser instrumento de cura integral em Jesus
  • Ter uma palavra de motivação

1.4 A PACIÊNCIA: (Romanos 5:3-4)

O contrário da PACIÊNCIA É: Impaciência e intolerância

A PACIÊNCIA no caráter do gerador o faz:

  • Suportar provas de forma voluntária
  • Ter coragem nas dificuldades
  • Compreender as fraquezas das pessoas,
  • Pensar antes de falar
  • Trazer esperança –“Ponha a mente em ordem antes de por a boca em movimento”

A BENIGNIDADE: (Lucas 6:27-31)

Benignidade significa: compaixão e misericórdia. Ela leva o gerador a ser benigno mesmo perante as reações mais negativas do ser humano.

O contrário da benignidade é: egoísmo e falta de compaixão

A benignidade no caráter do gerador o faz:

  • Amar aqueles que o rejeitam
  • Fazer o bem aqueles que o odeiam
  • Abençoar aqueles que o amaldiçoam
  • Orar por aqueles que o caluniam
  • Nunca se cansam de fazer o bem
  • Ser generoso

1.6 BONDADE (II Cor. 3:2-3)

Como parte do fruto do Espírito Santo significa excelência, especialmente na área moral, o fruto da BONDADE prepara o gerador a vencer tentações.

O contrário da BONDADE é: Soberba, orgulho, falta de transparência e desonestidade.

A BONDADE no caráter do gerador:

  • O faz testemunho diante de todos os homens
  • Ser transparente em seus relacionamentos
  • Ser prudente em suas atividades no processo de cuidar de pessoas
  • Transmitir amabilidade

1.7 FÉ: (Hebreus 11:1,6)

A palavra fé provém do grego e significa “fidelidade”. Fidelidade e fé andam juntas; como parte do caráter do gerador equivale a depender da fidelidade de Deus.

O contrário da fé é: dúvida, incredulidade, desconfiança

A fé no caráter do gerador o faz:

  • Ousado
  • Experimentar milagres
  • Viver o sobrenatural
  • Desenvolver nas pessoas a fé
  • Ir além das circunstâncias

1.8 MANSIDÃO: (Mateus 11:29)

Não é símbolo de fraqueza, é sinônimo de docilidade e autodomínio

O contrário a mansidão é: violência, descontrole, destempero, instabilidade emocional, ira

A mansidão nasce no coração do gerador quando ele aprende a dominar a ira e outras falências de seu caráter e por isso a Bíblia revela uma promessa para eles: “Herdarão a Terra”

A mansidão no caráter do gerador o faz:

  • Confiável
  • Herdeiro da terra
  • Estável
  • Docilidade

1.9 TEMPERANÇA (I Cor. 9:24,25)

Significa domínio próprio, prudência, moderação e se manifesta no controle de impulsos, superando qualquer fraqueza.

O contrário a temperança é: descontrole, imprudência, desequilíbrio.

Deixe uma resposta